No Giro – SP de bike
1907/2017Off

Escalada do Pico do Olho D’Água – 19/07/2017

Hoje era rodízio do Fit e eu precisava ir até Mairiporã antes do meio dia, como fazia tempo que eu queria escalar o Pico do Olho D'Água que é próximo decidi ir de bike. Sai cedo e fui até o largo do Taboão pela Giovanni e Luiz Migliano pra ver como estava o frio, apesar dos 9 graus deu pra pedalar tranquilo sem muito vento. Quando cheguei no meio da subida da Roseira o frio veio de verdade, nem olhei qual era a temperatura pra não desanimar. Até o meio da descida pra represa o frio congelante me acompanhou, a neblina era forte e em alguns pontos dava pra enxergar alguns metros a frente apenas. Até a chegada no sopé do Pico do Olho D'Água a temperatura estava OK e no pico só no último kilometro peguei neblina e frio de novo, a subida é mais dura que a da Roseira em alguns pontos mas no geral achei que sofri mais na Roseira. Fiquei uns cinco minutos no topo mas com a neblina e o frio achei melhor descer. Segui beirando a represa até a Sta Inês e voltei por ela. Foram 123km com 2610m de elevação (Strava).