No Giro – SP de bike
2501/2014Off

Campo Limpo Paulista com o Pelote.com.br e Perestroika – 25/01/2014

Hoje era feriado então ia conseguir pedalar até a hora do almoço, combinei com o pessoal do Pelote na Panamericana. A idéia era dividir em dois pelotões uma escalera forte e o pelotinho dos "Pernetas" na boa.
Saimos da Panamericana pra encontrar o resto do pessoal já na Anhanguera. Por lá apareceu o pessoal do Perestroika e mais ninguém do pelote perneta.
O grupo acabou se dividindo e eu fiquei na roda do Gustavo nos kms finais da chegada em Campo Limpo Paulista, na volta deu pra acompanhar por alguns kilometros mas logo começaram os ataques e o grupo se pulverizou, pra piorar no pedágio uma farpa de metal atravessou meu pneu e tive que parar pra trocar, descobri na prática que o CO2 que eu uso no pneu slick de 120psi é muito ruim pra encher pneu de MTB. Reencontrei uma parte da turma logo a frente e aproveitei para usar a bomba do Gustavo pra encher mais o pneu, e o resto do pessoal alguns kilometros depois, lá decidimos para onde cada parte do grupo iria, eu segui com o pessoal que ia pra marginal de Pinheiros e na Ponte do Jaguaré dispersei e fui em direção a Panamericana, ainda eram 11:45 da manhã já estava com 114km ou seja faltava pouco pra completar o desafio Granfondo do Strava, mas perto da rotatória da praça senti o pneu traseiro estranho de novo, mais um furo. O Felipe Leão que é mecânico do SOS bike me auxiliou remendando as duas câmaras furadas. Nessa parada perdi uns quarenta minutos (o remendo se soltava com o calor) e fiquei no limite pra chegar no horário acabei fazendo 134,72k (sem os furos teria passado dos 150k) e 2065m de elevação (Strava) e ainda cheguei atrasado pro almoço 🙁